Rock The Mountain: O festival ligado a natureza

O Rock the Mountain é um festival de música e arte que acontece em Itaipava, Petrópolis no Rio de Janeiro. A proposta é simples: Promover uma experiência única com muito astral para um público especial, na charmosa serra fluminense!

O RTM reúne, em meio à natureza, juventude, modernidade, sustentabilidade, liberdade, estilo, diversão, gastronomia, e boa música.

Além de conectar arte e música em meio à natureza, o Rock The Mountain fez questão de usar o evento como um agente de mudança, deixando impactos positivos em Petrópolis e no mundo. 

O evento adotou estratégias importantes para que o RTM estivesse de acordo com as regras do certificado Lixo Zero:

Os residuários foram dispostos sempre em duplas por todo o evento. Um com capa verde e uma placa fixada sinalizando os Resíduos Recicláveis. O outro com uma capa preta e placa fixada sinalizando Resíduos Orgânicos e Não Recicláveis.

Os tamanhos foram de 100 litros e 200 litros. 

Todos os resíduos eram levados para 2 áreas de armazenamento temporário, onde eram separados entre reciclável e rejeito e colocados em caçambas ou big bags.

Na cozinha, foi disponibilizada uma lixeira de pedal e tampa para evitar a atração de vetores.

A utilização de apenas copos duráveis contribui significativamente para a redução de resíduos no evento, evitando assim, o uso de copos plásticos descartáveis. Estima-se que os copos reutilizáveis são 25 vezes mais ecológicos. Era possível também que o público levasse o seu próprio copo (desde que não tivesse marcas concorrentes) ou garrafas reutilizáveis.

O festival contou com 3 bebedouros, com 6 torneiras em cada, fornecendo água gratuita para todo o público, incluindo as equipes de montagem e desmontagem. Essa ação reduz drasticamente a geração de garrafas plásticas de água, além de contribuir na redução de danos.

A maioria dos fornecedores utilizou embalagens de papel kraft e um deles tinha embalagens de mandioca e garfo de amido de milho, o que os torna compostáveis. Somente 2 dos 31 fornecedores de alimentação ainda utilizaram plástico e um utilizou isopor para servir chocolate quente.

As lonas de sinalização de Bar, Caixas, Banheiros e outras foram guardadas para serem reutilizadas na próxima edição. Assim como os pallets que faziam parte da decoração e a estrutura de bar e caixas. Alguns pallets já eram de reutilização e outros foram montados devido à grande quantidade necessária

Através do ingresso Meia Solidária, foi realizada uma grande arrecadação de alimentos. Juntando os dois fins de semana, a quantidade foi de 10,8 toneladas de alimentos.

Os alimentos foram para o Rotary Club e para a AFIPE (Associação Filantrópica de Petrópolis). Eles centralizaram, montaram cestas básicas e distribuíram para Associações de Moradores e famílias cadastradas.

Outra ação realizada foi a arrecadação de doações para ajudar as vítimas das chuvas de Petrópolis. Em parceria com a VVolunteer Brasil, plataforma social focada em voluntariado, foi criada uma campanha, que arrecadou mais de R$ 38.000 e foram direcionados para o resgate de vítimas, atendimento médico, primeiros socorros psicológicos, logística para levar mantimentos e doações a locais remotos e para resgate e cirurgia de animais.

Os 300 kg de resíduos orgânicos coletados foram encaminhados para a compostagem. Ocorre o processo de pulverização com microorganismos para auxiliar na decomposição. Em seguida, são misturados com restos de vegetação e dispostos em leiras por cerca de 60 dias. Ao final, o material é peneirado e está pronto para fertilizar as plantações orgânicas próprias da empresa ou serem comercializados. 

Ao todo foram reciclados 13.554,50 kg de resíduos

Foram disponibilizadas bombonas para as barracas de alimentação que tinham fritura em seu preparo. Foram coletados 200 litros de óleo e encaminhados para um projeto, onde o mesmo foi transformado em detergente. 

Foram produzidas 200 unidades do detergente que foram doados para os moradores necessitados de Petrópolis através do Rotary Club local.

A alimentação do festival foi 100% vegetariana, o que traz inúmeros benefícios como a redução da pegada de carbono, do consumo de água, de doenças humanas, do desmatamento e das mudanças climáticas, além da preservação da biodiversidade.

Com a ideia de estimular ainda mais a alimentação saudável, foi repassada previamente à produção do evento informações de produtores orgânicos locais. O hortomercado, localizado ao lado do Parque, também possuía produtores de alimentação orgânica.

A possibilidade de transporte ao evento através de ônibus auxilia na redução de emissões de gás carbônico, uma vez que transporta uma grande quantidade de pessoas em um mesmo veículo.

A ação “Plante uma Árvore” foi realizada novamente em parceria com o Projeto Água, de Petrópolis. Foram plantadas nesta edição 80 árvores no Parque junto ao público.

Energia verde: Foi utilizado o biodiesel como fonte de energia, não emite CO2, é renovável, biodegradável, reduz até 90% dos gases de efeito estufa e aumenta a qualidade do ar na área do festival. Além do desuso de fogos de artifīcio no Festival.

Apesar do pouco tempo disponível para executar ações de educação ambiental junto aos fornecedores, foi encaminhado o Manual dos Fornecedores, documento que contém boas práticas sustentáveis.

Foi feito também um vídeo contando as ações que seriam realizadas no festival para que fossem divulgadas junto aos fornecedores e patrocinadores.

O Rock The Mountain recebeu nota D no índice de boas práticas, mantendo o seu compromisso em progredir e continuar na luta pelo desenvolvimento sustentável dentro do evento.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Posts Relacionados

proteínas_y_oleicos_blog

A Certificação Lixo Zero vem se expandindo constantemente e em 2024 nós chegamos no México!...

BLOG_3 (1)

A Special Dog Company, renomada indústria de alimentos para pets, estabeleceu um marco significativo ao...

BLOG_1

A implementação efetiva de práticas sustentáveis é essencial para empresas comprometidas com a redução significativa...

BLOG_1

A conscientização sobre sustentabilidade tem crescido significativamente entre os industriais. O setor enfrenta questionamentos relacionados...

BLOG_2

Certificação atesta que todas as unidades da Volkswagen do Brasil são Lixo Zero, destinando...

13NOV_Noticia

Colégio Agostiniano Mendel recebe Selo Rumo ao Lixo Zero com índice 52,7% de desvio de...

01NOV_Certificadas_01

Um marco significativo para a sustentabilidade corporativa e a responsabilidade ambiental, a Certificação Lixo Zero...

30OUT_Noticia

Britvic demonstra comprometimento ambiental conquistando a Certificação Lixo Zero em duas de suas unidades fabris...

plugins premium WordPress

Navegue no Anuário da Certificação Lixo Zero e conheça as organizações que tiveram sua gestão de resíduos auditadas.