O Sindicato de Funerárias promove o evento Feira Funerária Brasil

O evento Feira Funerária Brasil nasceu do desejo do Sindicato de Funerárias do Estado do Ceará (SEFEC), em unir os diversos fornecedores de produtos e serviços do setor funerário.  

Os organizadores da Feira Funerária Brasil, desde a sua primeira edição em 2009,  têm a sustentabilidade como propósito desde a sua concepção, estabelecendo na prática ações de gestão sustentável nas diferentes fases do evento. O certame tem por objetivo promover, fomentar e difundir negócios, produtos e serviços do setor funerário e áreas correlacionadas por meio do intercâmbio artístico, cultural, educacional e empresarial.

Dessa forma, foi implementada a coleta seletiva que permitiu a destinação ambientalmente adequada dos resíduos que iriam ser dispostos no aterro sanitário da cidade, priorizando à Cooperativa de Materiais Recicláveis da Cidade de Natal (COOPCICLA) que participou e promoveu a coleta, destinando os resíduos à indústria da reciclagem, em conformidade com as diretrizes do município local, ação que amplia a rede da gestão de destinação ambientalmente correta dos resíduos.

Ao implementar a coleta seletiva permitiu a destinação ambientalmente adequada dos resíduos que iriam ser dispostos no aterro sanitário da cidade, priorizando à Cooperativa de Materiais Recicláveis da Cidade de Natal (COOPCICLA) que participou e promoveu a coleta, destinando os resíduos à indústria da reciclagem, em conformidade com as diretrizes do município local, ação que amplia a rede da gestão de destinação ambientalmente correta dos resíduos. Destaca-se que a organização responsável pelo evento contribuiu ativamente para o comprimento jurídico das metas definidas na Lei nº 12.305/10 que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), em prol da correta disposição de resíduos sólidos no Brasil.

A empresa organizadora do evento priorizou e demonstrou a reutilização de materiais ao adquirir 3500 unidades de brindes (porta documentos e carteiras) entregues para os visitantes, elaborados com lonas de banner reaproveitados da edição de 2018, assim como a entrega de 4000 crachás de Papel Semente, evitando a fabricação e posterior descarte de crachás elaborados de plástico.

No quesito de gestão de carbono o organizador efetuou a neutralização do carbono do evento anterior através do plantio de mudas no Centro de Convenções, tendo sido efetuado o compromisso de realizar o inventário de emissões de gases do efeito estufa (GEE) do evento e ação de neutralização na cidade de Natal em 2023.

Ao iniciar o evento foram revistos os pontos de geração de resíduos de modo a serem dispostos os residuários em locais com maior probabilidade de circulação dos visitantes. Durante o evento foi divulgado um cartaz informativo sobre o processo de compostagem de forma a orientar e sensibilizar os visitantes da Feira sobre a importância da correta separação dos resíduos.

A ação contou com a participação de uma aluna de Engenharia Florestal da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, sendo essa uma ferramenta de divulgação e educação ambiental no local do evento.

Os resíduos foram separados em uma área de armazenamento exclusiva em anexo a uma saída de emergência, local para onde foram encaminhados os resíduos pela equipe de limpeza, e onde a profissional da cooperativa e equipe realizaram a segregação tendo sido organizada e sinalizada de modo a facilitar a identificação.

No evento foi adotada por parte da organização a segregação dos resíduos através da coleta seletiva com uso de 24 coletores de 60 litros com as cores padrão para os resíduos recicláveis e não recicláveis e 5 bombonas de 50 litros com Tampa roscada para a coleta de resíduos orgânicos. Os coletores foram dispostos em 12 pontos do espaço de Feira (recepção e expositores), conforme análise e previsão de maior fluxo de visitantes, já as bombonas foram dispostas no interior da cozinha, de modo a otimizar a coleta.

Os resíduos passíveis de serem reaproveitados foram segregados separadamente, pesados no próprio local, tendo sido entregues ao projeto Irmão Sol Irmã Lua, serão alvo de reaproveitamento em oficinas.

Os resíduos orgânicos gerados durante o evento foram acondicionados com recurso a bombonas de capacidade de 50 litros cedidas pelo projeto GSolos. 

Após a segregação dos resíduos orgânicos gerados na grande maioria na cozinha e finalizado as etapas do evento, as bombonas foram entregues nas instalações do GSolos onde foi efetuada a sua pesagem totalizando 304 kg de resíduos orgânicos.

Na grande maioria os resíduos coletados foram: aparas de legumes e frutas, restos de alimentos, arranjos florais, cana de açúcar e crachás de papel semente.

O composto proveniente do processo de compostagem após finalização de todas as etapas será entregue pelo Grupo de Estudos de Solos, para o patrocinador do evento definido pelo organizador, sendo o mesmo utilizado futuramente na sua nas suas áreas verdes.

Os organizadores da Feira Funerária Brasil, desde a sua primeira edição em 2009, têm a sustentabilidade como propósito desde a sua concepção, estabelecendo na prática ações de gestão sustentável nas diferentes fases do evento. Ao implementar a metodologia LixoZero e certificação Lixo Zero na sua 8ª edição, consolidou o esforço coletivo e o compromisso perante a Sociedade e o Meio Ambiente.

Durante o evento foram distribuídos 600 Eco Brindes elaborados a partir da transformação de banners do evento de 2018 que seriam descartados, criando uma cadeia produtiva sustentável. O evento utilizou de forma positiva esses materiais, tornando essa uma ação inovadora de gerenciamento de resíduos. No total foram reutilizados nesta ação 120 kg de banners.

Ao final do evento foi realizado o plantio de 3 mudas (2 pau-brasil e 1 Ipê Roxo) no Centro de Convenções e 4 mudas ( 3 Moringa e 1 de Ipê Roxo) em área privada do patrocinador do evento. O plantio contou com a presença do responsável do Centro de Convenções de Natal. 

A organização estabeleceu e implementou procedimentos para identificar as suas questões de desenvolvimento sustentável e avaliar sua significância associada com suas atividades, assim os organizadores da Feira Funerária primaram pela integração nos aspectos sociais do seu evento, dessa forma elaborou-se parcerias que permitiram a integração acadêmica e profissional de alunos e projetos possibilitando experiências práticas.

Ressalta-se que o composto utilizado no plantio das mudas foi fornecido pelo Projeto GSolos, advindo do processo de compostagem.

A Feira Funerária Brasil atingiu 90,1% de aproveitamento no índice de boas práticas do Lixo Zero e assim obteve com sucesso seu certificado!

Gostou deste conteúdo? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Posts Relacionados

08NOV_Estados

São Paulo (SP) lidera o caminho rumo à sustentabilidade, com total de 33 certificações Lixo...

Versao_Menor

Evento Lixo Zero: Winds For Future 2022 Conquista Certificação Lixo Zero com índice de  95,5%...

Versao_Menor (2)

A Lei estabelece incentivos à indústria da reciclagem e cria o Fundo de Apoio para...

23MAIO_Carrossel_01

A Certificação Lixo Zero é emitida somente para empresas ou eventos que alcancem a meta...

capa_blog_reduzido (1)

Na Certificação Lixo Zero, possuímos três níveis de certificados, todos com validade de um ano....

capa_blog_reduzido

Na última década, o interesse em investimentos ambientais, sociais e de governança (ESG) aumentou em...

capa_blog_reduzido

A obtenção da Certificação Lixo Zero pode trazer muitos benefícios para empresas e organizações, incluindo...

capa_blog_reduzido

Relatório de sustentabilidade – Juntamente com o processo de Certificação Lixo Zero, o Relatório de...

plugins premium WordPress