Câmara Municipal do Rio de Janeiro assina Compromisso Lixo Zero

Rio de Janeiro, 8 de junho de 2021 – Câmara Municipal do Rio de Janeiro assina Compromisso Lixo Zero.

A Câmara Municipal do Rio de Janeiro promoveu nesta terça-feira (08) uma audiência pública para tratar sobre o tema Lixo Zero em sua sede, o Palácio Pedro Ernesto. A audiência foi marcada por um momento histórico onde foi assinado o Compromisso Lixo Zero pelos representantes. O termo é um comprometimento com a sociedade e com o Instituto Lixo Zero Brasil de que a sede da Câmara Rio será o primeiro prédio público Lixo Zero na cidade.

Câmara Municipal do Rio de Janeiro assina Compromisso Lixo Zero – Foto: divulgação

O Compromisso Lixo Zero é um termo com diversas ações sob o conceito Lixo Zero estabelecido pela Zero Waste Internacional Alliance e disseminado no Brasil pelo Instituto Lixo Zero. A meta é alcançar 90% ou mais de desvio de aterro, ou seja, de encaminhamento correto de resíduos sólidos do Palácio Pedro Ernesto, para assim, futuramente, a Câmera Rio obter a Certificação Lixo Zero, a única no País que atesta, de fato, que um estabelecimento é Lixo Zero.

Foto: divulgação

Durante a Comissão Permanente de Meio Ambiente que abordou afundo o tema Lixo Zero e as consequências do descarte irregular de resíduos sólidos no meio ambiente, o documento foi assinado pelo Vereador Carlo Caiado (Presidente da Câmara Rio), Rafael Aloisio Freitas (1.º Secretário da Câmara Rio), Vitor Hugo (Vice-Presidente da Comissão), juntamente do Presidente do Instituto Lixo Zero Brasil, Rodrigo Sabatini.

Assista ao vídeo com a audiência gravada:

https://youtu.be/bbqFcySs4qE?t=5068

A audiência durou cerca de uma hora e meia e foi marcada pelo depoimento de diversos atuantes da esfera de gestão de resíduos sólidos do Rio de Janeiro. Durante a fala do Sabatini, ele abordou como é caro aterrar o lixo, pois além dos custos envolvidos na infraestrutura e manutenção de aterros, existem também os recursos dos materiais que são aterrados junto e que poderiam ser recuperados e reutilizados, revertendo em novos empregos e movimentando a economia. Ele dá um exemplo que somente na cidade de Florianópolis onde vivem cerca de 500 mil habitantes, é gasto R$ 36 milhões aproximadamente só para aterrar, ou seja, sem contar a coleta do lixo.  Assim, Sabatini ressalta a importância do Compromisso Lixo Zero para a Câmara Rio:

“Quando um órgão público representativo como a Câmara de Vereadores de uma cidade tão importante como o Rio decide dar o exemplo para a população, separando seus próprios resíduos, evitando o envio para aterros, ele está fazendo um trabalho pedagógico, e essa pedagogia vai servir para uma mudança a partir do exemplo”.

Rodrigo Sabatini ressalta a importância do Compromisso Lixo Zero para a Câmara Rio – Foto: divulgação

O Secretário Municipal de Meio Ambiente, Eduardo Cavalieri, parabenizou a atitude da Câmara do Rio, afirmando que a medida coloca a cidade do Rio de Janeiro na vanguarda da discussão da gestão de resíduos sólidos:

“Esse é um dos assuntos mais estratégicos da cidade. Tem muito valor para que as pessoas vejam a importância de se envolver com a causa e tenham consciência mais sustentável de como gerir os resíduos”.

Conceito Lixo Zero

Consiste no máximo aproveitamento e correto encaminhamento dos resíduos recicláveis e orgânicos, e a redução – ou mesmo o fim – do encaminhamento destes materiais para os aterros sanitários e/ou para a incineração. Segundo o conceito estabelecido pela Zero Waste International Alliance, o Lixo Zero é:

“Uma meta ética, econômica, eficiente e visionária para guiar as pessoas a mudar seus modos de vidas e práticas de forma a incentivar os ciclos naturais sustentáveis, onde todos os materiais são projetados para permitir sua recuperação e uso pós-consumo.”

Um ponto importante a ser ressaltado é a diferenciação dos termos “Lixo” e “Resíduo”.

RESÍDUO: Sobras ou restos – líquidos, sólidos ou gasosos – de qualquer atividade que possuem valor agregado e são passíveis de reaproveitamento.

LIXO: Lixo são restos de atividades considerados inúteis, indesejável ou descartável, sem valor agregado e que não são passíveis de reaproveitamento.

Quando não há uma separação na fonte geradora, os resíduos materiais com valor agregado se tornam lixo. Portanto, uma gestão Lixo Zero é aquela que não permite que ocorra a geração do lixo, que é a mistura de resíduos recicláveis, orgânicos e rejeitos.

Podemos dizer, também, que Lixo Zero é um conceito de vida (urbano e rural), no qual o indivíduo, e consequentemente todas as organizações das quais ele faz parte, passa a refletir sobre seus hábitos de consumo e se torna consciente dos caminhos e destinação dos resíduos antes de descartá-los.

Quer adquirir o Compromisso Lixo Zero?
Entre em contato:
Isabella Gomes
contato@certificacaolixozero.com.br

Gostou deste conteúdo? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Posts Relacionados

08NOV_Estados

São Paulo (SP) lidera o caminho rumo à sustentabilidade, com total de 33 certificações Lixo...

Versao_Menor

Evento Lixo Zero: Winds For Future 2022 Conquista Certificação Lixo Zero com índice de  95,5%...

Versao_Menor (2)

A Lei estabelece incentivos à indústria da reciclagem e cria o Fundo de Apoio para...

23MAIO_Carrossel_01

A Certificação Lixo Zero é emitida somente para empresas ou eventos que alcancem a meta...

capa_blog_reduzido (1)

Na Certificação Lixo Zero, possuímos três níveis de certificados, todos com validade de um ano....

capa_blog_reduzido

Na última década, o interesse em investimentos ambientais, sociais e de governança (ESG) aumentou em...

capa_blog_reduzido

A obtenção da Certificação Lixo Zero pode trazer muitos benefícios para empresas e organizações, incluindo...

capa_blog_reduzido

Relatório de sustentabilidade – Juntamente com o processo de Certificação Lixo Zero, o Relatório de...

plugins premium WordPress